26/10/2020

SOBRE BORAT 2


Filmado em segredo e lançado com exclusividade pela Amazon Prime, a continuação de Borat, “Fita de Cinema Seguinte” é uma das boas surpresas desse ano. 


 

Mas como fazer um personagem tão icônico passar despercebido? As resoluções são simplesmente geniais e o tom político é predominante, expondo sem dó e nem piedade o pior da terra da “liberdade”, Estados Unidos. E poderia facilmente se passar no Brasil também. 

Agora o repórter tem a companhia de sua filha, a atriz Maria Bakalova, que rouba praticamente todas as cenas e é a cara cuspida de Tatá Werneck! 



Sua missão é trazer a honra perdida de seu país, ridicularizado por consequências do primeiro longa. Uma grande vingança, digamos assim. A ordem é entrar no clube de “machões” onde pisam Trump, Bolsonaro (sim, ele é citado) e Putin, dando um presente inusitado para o vice do Bebê Laranjão. 

Tudo funciona perfeitamente. Humor crítico, ácido e inteligente. A partir do primeiro segundo, você já começa a gargalhar. De nervoso. Coloca na equação, pandemia, Facebook, feminismo, perseguição jornalística/ científica/ intelectual, Fake News e voilá, um documentário, que não é documentário, do ano. Melhor, mais afiado e menos caótico que o primeiro filme. 

A história que rodou os EUA de que Hilary Clinton bebê sangue de bebês é só um exemplo da acefalia de uma parte da nação terra planista. 

O final é sensacional.


Nenhum comentário:

Postar um comentário