28/08/2020

SOBRE DIRTY DANCING 2


Você já deve saber que anunciaram uma continuação do clássico dos clássicos, Dirty Dancing - Ritmo Quente, que completou 30 anos em 2017. Sim, será protagonizado pela mesma atriz, Jennifer Grey, que volta ao papel de Baby e ganha status também de produtora executiva dessa nova empreitada.


Foto: Divulgação

Esqueça aquela continuação fuleira que fizeram em 2004 chamada Dirty Dancing2 - Noites de Havana, estrelada por Diego Luna e situada na Cuba dos anos 50. Também fizeram uma segunda versão com a atriz Abigail Breslin que ninguém assistiu ou sequer ouviu falar. Estamos falando da franquia the real deal.

Mas como será essa continuação, já que infelizmente Patrick Swayze, o tesão do Johnny Castle que agita a trama toda, faleceu em 2009? Como vai ser o filme sem Johnny e todo aquele rebolado que originou possivelmente o passo de dança mais icônico de todos os tempos? Depois de Ragatanga, claro. 

GIF: Reprodução YouTube

Eu já resolvi o problema. 

O filme original se passa em 1963 e foi lançado em 1987. ou seja, temos aí 33 anos de muita coisa. Mas vamos focar como uma continuação direta respeitando essa linha do tempo.

Baby é uma mulher de meia idade, no alto de seus 50 anos, que chora a dor da morte de seu marido Johnny. Vítima de um acidente de moto no auge de sua juventude e com sérios problemas na hérnia que resultaram nesse mesma fatalidade, ela não consegue superar a saudades do seu amado. 

Até que, finalmente, ela decide abrir uma academia de dança com o nome de Johnny Castle Dance Academy. Aí chega uma aluna extremamente tímida, insegura, calda e descobre que na dança é possível libertar-se e apenas ser. Sinta a música e seja você, diz a tutora Baby. 

Foto: Divulgação

No processo de redescobrimento, sua sexualidade é despertado e ela se apaixona por uma outra guria, ex presidiária, que busca na dança, diferentemente dela, o controle em lidar com seus surtos de raiva. Cada uma está lá para lidar com seus fantasmas. E Ghosts fall in love. Ghost - do outro lado da dança.

No meio disso, descobrimos que a garota tímida, na verdade, é neta de uma filha que Johnny jamais assumiu - seu histórico mulherengo no hotel de férias comprovaria tal deslize. Sua mãe, foi levada para um convento, já que a gravidez não era bem vista nos anos 60. No final, descobrimos que ele jamais soube da existência desse bebê através do diário da mãe falecida, que a moça tímida e insegura encontra ao fuçar nas suas coisas velhas.

Aí podemos fazer Baby cantar He's like the wind como homenagem ao nosso querido personagem tão amado. Também podemos sondar Whoopi Goldberg para fazer uma médium e aí o combo Patrick Swayze está lindo e completo. Não seria tudo Baby entrar em contato com o amor de sua vida? Aí dá até para fazer o ator em holograma, tecnologia vista recentemente no Star Wars mais recente.

O filme deve estrear em 2022 e já podem me contratar como roteirista.


Nenhum comentário:

Postar um comentário