23/07/2020

SOBRE O NOVO SINGLE E ERA DISCO DE KYLIE MINOGUE


Quando Kylie disse em 2019 que tinha o desejo de gravar um novo cd pop, ela não estava brincando. Say Something, o primeiro single dessa nova era, perpetrada pelo álbum DISCO, é um convite às pistas de dança - mas não somente: é uma música que te puxa pra uma atmosfera espacial, daquelas pra ouvir de olhos fechados, viajando e sentindo a melodia crescer cada vez mais, como um eco no meio do espaço. É esse caminho que Kylie escolheu pra reinventar o gênero mais uma vez. 

Foto: Divulgação capa oficial

A temática sobre o amor (tema muito explorado por Kylie em todas suas eras) retorna novamente, mostrando a urgência desse sentimento e como ele pode nos salvar. E como a luta por amar e ser amado pode valer a pena. 

Com vocais modernos e animados, os versos são cadenciados por uma batida oitentista com instrumentais referendados em várias décadas da música pop, inclusive a era disco dos anos 70. Guitarras, sintetizadores... Tudo mixado numa vibe galática. E ainda tem sample de Radio Gaga do Queen! 

É essa a vibe do novo cd! 

Foto: Reprodução Twitter

"Estamos a um milhão de milhas de distância, de mil maneiras/ Baby, você pode iluminar a escuridão, como uma paisagem solar" - logo de início, Kylie já anuncia que esse amor é transcendental e que vai lutar por ele! 

E sem hesitar, já emenda o refrão: "Diga alguma coisa, diga alguma coisa/ Diga-me como você está se sentindo" - estaria Kylie implorando por respostas? Ela defende que o amor é um sentimento dialógico e precisa dessas respostas pra sobreviver. 




E continua: "Nós estamos apenas tentando nos encontrar, nas tempestades que perseguimos" - claro, como boa geminiana, Kylie é otimista sobre a vida, mesmo admitindo que na vida e no amar, haverá sempre obstáculos. "Porque amor é amor, nunca acaba/Todos nós podemos ser como um de novo?

Kylie afirma a importância do amor, de amar, e clama por isso, assumindo inclusive que ela só pode ser feliz amando, mesmo com as adversidades. Esses versos são repetidos até o fim da música, com várias camadas de vozes gritando SAY SOMETHING

No fim, a impressão que fica é que estamos sendo invadidos por uma energia positiva sobre a vida, sobre quem somos e o que queremos com todos esses sentimentos. E a escolha é sua: ouvir de olhos fechados ou levantar pra dançar como não houvesse o amanhã.

Por IGOR HELAL 



Nenhum comentário:

Postar um comentário