11/05/2020

FOFOCANDO SOBRE BRITNEY


O nome de Britney Spears povoou as redes sociais esses dias por motivos de gravidez, demência, Glória glória aleluia e muito mais! Vamos item por item sobre essas fofocaneys. Britney deu o que falar. 


Foto: Reprodução Instagram

Britney quis engravidar do namorado Sam Asghari mas seu pai não deixou (ele é tutor legal da filha desde 2008 e tem total poder sobre ela). Você já tem 2 filhos... chega! 

Finalmente os pombinhos se reencontraram na quarentena e estão passando o isolamento social juntos. Sam, cuja profissão é personal trainer e boy magia, está de olho para que a namorada não bote fogo na academia novamente. Sim, ela acendeu umas velas e ooops... o local teve um mini incêndio. Todos passam bem. 




Sam e Britney estão namorando firme desde que se conheceram nas gravações do vídeo de Slumber Party em 2016. Segundo ele, uma tática em paquerar a princesinha do pop foi fingir não conhecê-la. Do tipo, vim gravar um clipe mas nem sei de quem. Aliás, quem é você? Prazer. Se fez de sonso, garantiu o date e a aprovação do pai dela.


Foto: Reprodução Instagram

Mudaram a capa versão standard de Glory, seu último álbum de inéditas, em todas as plataformas digitais por motivos de agradecer aos fãs que colocaram o disco em primeiro lugar no Itunes e subiram a hashtag JusticeForGlory (resenha aqui). Essa capa teria sido a oficial na época do lançamento mas a equipe de Britney (leia-se seu pai) vetou por achar sexy e vulgar demais. Assim como vetaram o videoclipe oficial de Make me... que tinha essa mesma pegada e tralalá. A arte rejeitada é do aclamado David LaChapelle

Foto: Divulgação

Em tempo: Itunes hoje é tão irrelevante que a própria Apple pensa em exterminar tudo; colocar um álbum na primeira posição é super fácil. Basta um grupo pequeno de fãs comprar o disco e ele facilmente vai pro topo das paradas (ninguém compra mais música digital). Estão fazendo isso com vários trabalhos flopados e/ou injustiçados.

Glory vai ganhar um relançamento Golden Deluxe ou algo do tipo com três faixas "inéditas". Britney teria como obrigação contratual lançar um disco novo esse ano mas devido a pandemia nada será feito. Só 2021 e olhe lá. 

Maaaaaaaas os fãs dizem que todo esse troca troca de capa serve apenas como cortina de fumaça para a grande fofoca dentre tantas. Um documento de 2008 vazou na Internet atestando uma suposta demência da cantora. Lembra aquele bafafá todo de FREE BRITNEY, quando ela ficou sumida por uns dias, cancelou toda a residência em Las Vegas, foi internada numa clínica psiquiatra, segundo informações para trocas de remédios e assistência total na transição (o que é super comum)? Então até aí, tudo "ok". Se quiser se aprofundar nesse ocorrido e teorias da conspiração sobre, vá de Google.

Fotos: Reprodução

A estranheza desse laudo é que, primeiramente o psiquiatra atestou que a cantora possuía uma leve demência mas que seria total capaz de tomar decisões e viver sua vida de maneira independente. O médico se recusou a fazer a declaração, que vale até hoje, que ela não pode responder por si. Eis que surge uma nova avaliação, na mesma época, no qual um segundo médico dá a declaração Britney não é capaz que o pai dela tanto queria. Com esse documento, todas as decisões jurídicas, médicas e financeiras cabem totalmente ao pai de Britney. Pelo visto até se ela pode ou não ser mãe mais uma vez.

Saturday Night Live fez uma esquete recente, satirizando o Insta da cantora (que é pavoroso), colocando Britney como uma Masterclass, essa série de cursos on line com gente famosa brincando de coach. Algumas pessoas acharam o quadro engraçado e outras, de extremo mau gosto. Assista e tire as suas próprias conclusões.


Um comentário: