13/02/2020

SOBRE PARA TODOS OS GAROTOS - P.S. AINDA AMO VOCÊ


Enquanto no primeiro filme, Para Todos os Garotos Que Amei, Peter Kavinsky (Noah Centineo) dava passos para se consagrar como um boy lixo, aqui é Lara Jean (Lana Condor) que veste a pele de mina babaca. E podem xingar à vontade, a verdade é essa sobre Para Todos os Garotos - PS. Ainda Amo Você, recém lançado na Netflix.




Obviamente aquela dança maluca das cartas "diário" enviadas sem querer querendo pela irmã de Lara, não teria fim. E assim, do mesmo jeitinho que nasceu um segundo (a carta sem resposta) nascerá um terceiro e último filme (a carta na gaveta).

Para quem não lembra, Para Todos é baseado numa trilogia de livros e sempre sobra uma cartinha perdida puxando o próximo. Nesse caso, ela chega pelos Correios, em tons de puro flerte e coração apaixonado. Tal correspondência é a nuvem cinza que rondará os pombinhos Lara e Peter, que estavam, até então, vivendo felizes para sempre.

Divulgação: Netflix

Então Lara começa a se comportar como sonsa, desavisada, dividida entre realidade e possibilidade. Peter não é o namorado perfeito, ainda mais que ele tem cara de 30 anos e está no colegial. Lara não sabe se comunicar e vive na sombra do ex-relacionamento de Peter. Inseguranças mil, draminhas de classe média alta. A química do casal sumiu aqui. Onde foi parar aquela conexão dos atores no primeiro filme? Noah e Lana brigaram nos bastidores?

Claro que com a chegada do moço, em carne e osso, o tal da carta via Correios de puro flerte e coração apaixonado, Lana resolve omitir que está namorando e oportunidade é o que não falta para isso. Aí, meu bem, a confusão sentimentalóide está armada! Prepara-se para grandes brigas que envolvem serenatas não cantadas, pizzas não solicitadas e roupinha de torcida. A maturidade emocional é digna de 11 anos.

Divulgação: Netflix

O primeiro filme é bobo mas possui charme, espontaneidade, leveza e sagacidade, levando a comédia romântica para um cantinho quase que nostálgico. Esse capítulo, por sua vez, é simplesmente chato, conduz seus personagens num banho maria narrativo que não vai pra lugar nenhum.  E o que podemos esperar do próximo Para Todos os Garotos chamado Agora e Sempre

"O segundo filme é sobre como seu passado influencia seu presente, e o terceiro é sobre como seu futuro influencia seu presente" - tenta explicar o diretor Michael Fimognari.

Mas uma coisa é certa: Lara Jean continua se interessando por meninos feios.


Um comentário: