07/02/2020

SOBRE O NOVO SINGLE E VÍDEO 'REACT' DE PUSSYCAT DOLLS


A volta que pouca gente pediu das Pussycat Dolls andava bem morna, quase parando. Anunciaram alguns shows da turnê, fizeram uma apresentação boa no horroroso X-Factor Celebrity - no qual Nicole arrumou o boy magia Thom Evans - e meio que "é isso aí vlw flw". Faltava mais rebolado, mais sensualidade, mais bate cabelo, mais vozeirão da Nic ofuscando as demais componentes, mais comprometimento mesmo com a parada toda. Hoje essa lacuna foi devidamente preenchida. React é a música inédita e chegou com videoclipe e tudo. 





A música é pop no seu escândalo total. Não é histérica como os grandes hits do grupo mas tem na sua pegada um jeito sexy de ser, lembrando uma prima nem tão distante de Don't Cha. Os vocais de Nicole não são destaque na faixa, o que é uma pena. A melodia é bem simplória e qualquer vocalista basic consegue encarar. As outras meninas seguem no coro. Nesses dois quesitos, React ficou devendo.





Mas não é ruim não, pelo contrário, é bem boa a danada. É tudo que as yags precisavam nesse comecinho de 2020. Não chega a ser uma farofa mas é o bacon que vai na mesma. Tem apelo, tem sentido, tem proposta, tem estrutura. Não é grandiosa como os lançamentos de Dua Lipa mas cumpre a função de reunir essas beldades com seus fãs direitinho.

Foto: Reprodução Instagram

O videoclipe segue a mesma proposta e impulsiona o single. Há breves momentos entediantes mas o cenário soft porn logo faz a gente sair desse buraco.  Tem fogo, tem água, tem vento, tem pele bronzeada, barriga chapada, preenchimento labial e coreografia babadeira.



CONFIRA TAMBÉM!



Pena que o vídeo não focou muito na dança. O destaque deveria ser total nisso, vide a comoção nas poses maravilhosas que o quinteto faz entre um corte e outro da frenética edição, que mais atrapalha do que ajuda. O recheio entre caras e passos, é meio clichê e bobo. Quase datado.

O Vale tá deliciosamente em chamas. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário