28/02/2020

SOBRE ESTÚPIDO AMOR DE GAGA


2 da manhã e um grupo enorme de unicórnios e monstrinhos estavam acampados monitorando a Internet, aguardando o lançamento do vídeo e single de Stupid Love. O combo marca a volta de Lady Gaga pós Estrela Nasceu e ruim residência esquisita na iluminada Las Vegas. E os fãs não poderiam recepcionar melhor - tá tudo no topo! Gaga reencontra o pop dançante e esmurra-o-o-o na cara de quem quiser. Com os teasers marqueteiros prontinhos para virar meme, Stephanie foi mais notícia do que no suposto romance com Bradley Cooper, seu diretor. Hoje não se fala em outra coisa. Falemos de amor.





Todo filmado com Iphone 11, não que isso importe, o vídeo é um besteirol sem fim. Com papinho de amor, fraternidade, terra e um pouquinho de violência, vemos um orçamento digno de seriado japonês oitentista com monstrinhos de argila (aqui sem monstrinhos, sem argila, só lirous mesmo) e vestimentas cola quente by 25 de Março. Ainda bem que isso não foi lançado antes do Carnaval pois só teríamos as arrobas fantasiadas de peruca rosa ressecada, cartolina colada na cara (e muitos acidentes) e shortinho rosa choque Forever 21. Mentira. Seria incrível.

Foto: Reprodução

E as dancinhas toscas de Gaga também voltaram. Amém! A coreografia não é icônica como outras de sua videografia mas ótima para performar em qualquer boa festa que se preze. E ela já adiantou que essa nova Era será toda nessa pegada, dance bem dance mal dance sem parar. Não quer revolucionar nada, só quer dar para nós gays, o que sempre pedimos dela. É tipo um reencontro com a Gaga que nos apaixonamos com a Gaga que se perdeu no conceito tão abrangente de ARTPOP, que no fundo, não tinha lá muito conceito, só dinheiro pra ser torrado. 

Foto: Divulgação

Então bye bye jazz, bye bye vestido ventania da Nasa, bye bye Dolly Parton, bye bye Oscar, bye bye documentário "egoruim" da Netflix, bye bye plágio? da Madonna, bye bye baby bye bye. Quem gostou bate palma, quem não gostou, meu coooo! Quer música diferentona? Vá de Grimes. Quer clipe conceito? Vá de FKA twigs. Quer os dois juntos? Vá de Bjork. Gaga is Radio Gaga.

Sejamos estúpidos (de amor), cromaticamente falando.


Nenhum comentário:

Postar um comentário