13/11/2019

SOBRE A TERCEIRA TEMPORADA DE 13 REASONS WHY


E parece que não querem encerrar a história de Hannah Baker. E olha que tudo já teve seu devido fim lá na primeira e ótima porém irresponsável temporada.

Depois de forçar com uma segunda temporada com Hannah versão Gasparzinho, agora os produtores jogam na nossa fuça uma "nova Hannah", a tal Ani, a personagem mais insuportável dos últimos tempos. Ela chega e do nada já vira melhor amiga de toda galera, do tipo cúmplice e confidente. Catapultada como protagonista dessa medíocre temporada, Ani é a justiceira, a sabe tudo, é o elo que tentam fazer entre a gente e o estuprador Bryce Walker. Sim, agora o estuprador é a vítima. Bryce é assassinado e os 13 episódios sem fim investigam quem matou o estuprador de inúmeras vítimas.

Aí tentam justificar o comportamento de outrora de Bryce, humanizando a figura e falhando miseravelmente num desenvolvimento patético de personagem. Aliás, patético é tudo que aparece ao longo da temporada. Assuntos sérios são tratados com tanta superficialidade que parece que o povo da série busca polêmica só para gerar buzz.

Foto: Divulgação Netflix

É tema como a campanha #MeToo, deportação de latinos, aborto, dopping, homofobia violenta, obstrução de justiça e ouras coisas. Pegue um tema sério, faça um rascunho e debata-o porcamente. 

Isso sem falar que todos os personagens ficam de segredinhos estúpidos em prol de basicamente nada importante. Mais vale mandar um amigo pra cadeia do que contar a verdade simplesmente para não magoar a mãe de alguém que acha que a filha ainda é virgem. Ou algo do tipo. Na real, não importa. É tudo um lixo.


A sensação é a de assistirmos uma série completamente diferente só  que com os mesmos personagens de 13 Reasons Why, que deveriam ter sido mortos no atentado evitado pelo super herói (aqui mais apático do que nunca) Clay, lá no fim da segunda temporada. Talvez em nome da série, teria sido melhor.

E caso ainda não tenha assistido e queira saber quem afinou matou Bryce, vá direto para o último episódio ou vá de Google. Você não precisa ser torturado por 12 horas para ver o fim - bem ruim.

Os episódios foram disponibilizados em agosto e só agora vimos o fim. Foi difícil assistir, ainda mais com essa sensação de desespero que vai ter mais uma e última temporada, para seguir de maneira irresponsável, deturpando coisas urgentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário