21/11/2019

SOBRE O NOVO CHUCKY


Esse reboot de Brinquedo Assassino não serve pra nada. Não assusta, não é engraçado, não é bem feito, zero carisma, pífia criatividade. Passou despercebido pelo cinema mas a porcaria agora está ao seu alcance nos serviços de locação on demand.

Chucky agora é um robô com inteligência artificial controlado por um app que sincroniza vários outros eletroportáteis. Tipo se a Apple lançasse um Idoll ou coisa do tipo. Não tem mais espíritos malignos presos no corpinho de borracha do boneco. Não tem mais noiva psicopata. Em resumo: não tem nada. É um lixo absoluto.




Juju Carente é um milhão de vezes melhor.

Talvez a única coisa que preste é notar que a nova - e horrenda - versão do boneco malvadão é estar a cara do Sílvio Santos. Parabéns aos designers envolvidos no projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário