07/11/2019

AS 15 MELHORES MÚSICAS DE SANDY E JUNIOR


A turnê Nossa História está chegando ao fim. Sandy e Junior arrecadaram rios de dinheiro e a tour foi um estrondoso sucesso de público e crítica, batendo vários recordes, causando lágrimas, suor e emoção. 

Como o último show acontece nesse próximo sábado, no Rio de Janeiro e com 100 mil ingressos esgotados (!!!), decidimos eleger as melhores músicas dos irmãos inseparáveis, pelo menos até a próxima reunion Alguns hinos ficaram de lado e tal ausência pode causar lágrimas, suor e emoção em alguns fãs. Porém entretanto todavia, essa é a nossa listinha e aclamamos tal como definitiva.



Foto: Divulgação


TOP 15 | SANDY E JR



15º VOCÊ NÃO BANCA O MEU SIM (2006)
Perto do fim, a dupla vinha apresentando uma maturidade musical plausível e tinha tudo para conquistar os críticos malas. Vc não banca o meu sim possui elementos do rock, com uma marcação de baixo precisa e groove interessantes. A letra esperta fecha o combo perfeito. E a coragem que tá te falando/ É a força que em mim tá sobrando.

14º MÚSICA E PAIXÃO (2003)
Abrindo o álbum Identidade, essa faixa é uma de nossas pequenas paixões desde então. Pena que ninguém ligou para ela. As dedilhadas de guitarra são um plus, assim como a força de seu refrão. A letra poderia ser mais trabalhada mas tudo bem. Alguém precisa salvar esse hino esquecido do churrasco. Dedilhar ao vento o silêncio que ficou/ Ver a solidão me desafiar.




13º LOVE NEVER FAILS (2002)
A carreira internacional flopada deixou essa delicia para gente. Mesmo com uma pegada extremamente genérica (poderia ser de qualquer um da época), a música, mesmo soando datada, é uma delícia de ouvir até hoje. A versão em português é horrorosa. Aliás, tem muito não fã de Sandy e Junior que ama essa canção. All those moments we make/ Are too precious to waste/ In a world forever changing.

12º A GENTE DÁ CERTO (2001)
A letra é boba com essa coisa do lado de lá, do lado de fora, do lado de cá, de dentro pra fora e fora pra todos os lados. Porém se levarmos para o lado sexual, a música é genial! Sim, há quem diga que é sobre o bom e velho coito. O destaque aqui é a produção arrojada do arranjo. Os ruidinhos, os ruidinhos. É tipo uma versão moderninha de Vai ter que rebolarVira de lado/ Fica de fora/ Corre pra dentro!



11º OLHA O QUE O AMOR ME FAZ (1999)
Quase cafona de tão linda que é.  É música de novela, pra gritar no videokê, pra escrever no diário. Possui uma sensibilidade juvenil sobre primeiro amor muito preciosa.  A citação do arranjo de All By Myself é de arrepiar. Quado ele te pegar/ Não tem pra onde fugir.


10º IDA NEM VOLTA (2006)
Quando Sandy e Junior apostam numa coisa mais minimalista, entregam coisas lindas como essa música do último disco de estúdio deles. Outro grande momento que foi desprezado. Junior brilha muito aqui. Não tenho ida nem volta/ Eu vivo no passado.






9º  ERA UMA VEZ... (1997)
Toquinho meio que atrapalha mas tudo bem. Talvez seja a mais fofa do songbook, é um passeio pela infância, um retorno às boas lembranças. Impossível não sorrir. Toda vez que ouvimos sentimos sabor de chocolate e cheiro de terra molhada que eles cantam, uma experiência sensorial. Lembra Balão MágicoPra gente ser feliz / Tem que mergulhar na própria fantasia/ Na nossa liberdade. 

8º NÃO DÁ PRA NÃO PENSAR (2001)
Grande momento e favorita de muita gente. É a música que abriu o Acústico MTV assim como essa turnê. É o flerte com a música eletrônica... antenados! Além dos barulhinhos, tem uma pegada black nas guitarras slaps dos versos. Quando a música cai e fica o sussurro à capela de Sandy, piramos! Se vc não vier/ Eu não vou aguentar/ Se vc demorar/ De tristeza vou chorar.




7º REPLAY (2006)
Nossa vontade era colocar o 1º single do último disco no topo mas entendemos que existem melhores. É a única cantada por Junior que aparece por aqui e uma de nossas favoritas ever. Som encorpado, pop rock perfeito. Pena que pouca gente entendeu e é meio desprezado pelos fãs. Me deu tantas visões do oásis de nós dois/ E agora já não há mais lugar pra mim.

6º EU ACHO QUE PIREI (1997)
O hit que nos leva automaticamente para o seriado escolar que eles estrelaram na Globo. É a música certa no momento certo. Inesquecível em mim e em todos nós. Um clássico! Eu posso até voar/ Segura meu coração.








5º AS QUATRO ESTAÇÕES (1999)
A música que marca Sandy como compositora é, sem dúvidas, um dos maiores hinos. Marcelo Camelo entregou uma versão no Acústico MTV tamanha beleza e riqueza de sua melodia. Na primavera, calmaria/ Tranquilidade, uma quimera/ Queria sempre essa alegria/ Viver sonhando, quem me dera.

4º A LENDA (2000)
Se procurarmos a definição de hino no dicionário, A Lenda estará lá como exemplo. É épica, poética, surreal e com uma força que transcende gerações. Poderia estar no primeiro lugar dessa parada mas foi atropelada pelo nosso top 3. Luz que banha a noite / E faz o sol adormecer/ Mostra como eu amo você.






3º QUANDO VOCÊ PASSA [TURU TURU] (2001)
Depois de A Lenda, talvez seja o maior hino. É atemporal, inesquecível, clássico e todos sabem cantar. Todo mundo se identifica com o disparar de um coração apaixonado e atormentado.  Mais que Inesquecível, Turu turu (por que não adotaram esse título pleno?) é irresistível.  Se é amor, sei lá/ Só sei que sem você/ Parei de respirar.


2º ESTRANHO JEITO DE AMAR (2006)
Essa música é um tormento, no bom sentido. Explorando a falta de comunicação num relacionamento, é a faixa mais intensa e madura da dupla. O videoclipe é o melhor de suas carreiras. É música de gente grande, com produção inspirada que te leva para vários caminhos numa constante subida. Esquece esse jogo/ Não há vencedor/ Mesmo roteiro de sempre cansou.






1º DESPERDIÇOU (2003)
Será que as pessoas entendem realmente a perfeição pop que é Desperdiçou? É uma das melhores do gênero já produzidas no mundo!!! Não, não é exagero. Desde arranjos vocais estruturados, deboche fofo da mensagem, a melodia quente e a dispersão de brincar o tempo todo com seus giros na produção, só há elogios. Deliciosa, divertida, energética e cheia de personalidade. Você me complicou, usou/ Fugiu com a minha paz.



2 comentários: